Catoca inaugura em Angola nova fábrica de tratamento de diamantes

20 November 2005

Luanda, Angola, 21 Nov – A Sociedade Mineira de Catoca (SMC), localizada na província angolana da Lunda-Sul, inaugurou dia 17 a segunda fábrica de tratamento de diamantes denominada “Módulo II”, num investimento estimado em 90 milhões de dólares americanos.

A fábrica tem uma capacidade de tratamento diária de 12.700 toneladas e inclui áreas para preparação, separação e finalização dos diamantes. A prazo, a fábrica terá tratado 4 milhões de toneladas, extraídos da região de Catoca que possui a quarta reserva de diamantes do mundo.

A fábrica com 300 funcionários está equipada com tecnologia da Rússia.

Com 10 anos de existência, a Sociedade Mineira de Catoca é uma empresa de direito angolano, com capital misto. Fazem parte da SMC, a Endiama (angolana), Alrosa (Russa), Daumonty financy company bv (israelita) e a Odebrecht (brasileira).

A Sociedade Mineira de Catoca tem por objecto social a prospecção, exploração, tratamento e comercialização de diamantes extraídos dos jazigos quimberlíticos da chaminé de Catoca.

A empresa conta com 3.296 trabalhadores, dos quais 90 por cento são angolanos e 10 expatriados, entre russos e brasileiros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH