Guiné-Bissau e China assinam acordo de cooperação

20 November 2005

Bissau, Guiné-Bissau, 21 Nov – A Guiné-Bissau e a China assinaram um acordo de cooperação que prevê apoio técnico e financeiro a Bissau num montante que ronda 3,7 milhões de dólares.

O acordo foi assinado em Bissau, dia 18, pelo chefe da diplomacia guineense, Isaac Monteiro, e pelo ministro-adjunto dos Negócios Estrangeiros chinês, Li Guozeng, que efectuou uma visita à Guiné-Bissau.

O montante destina-se ao apoio orçamental, para o que foi afectado um milhão de dólares, e à reabilitação de casernas e das residências dos oficiais no Quartel-General de Bissau, que contará com 2,7 milhões de dólares.

Por outro lado, as autoridades de Pequim ofereceram um conjunto de materiais e mobílias para equipar a Presidência da República.

A China, que financiou e construiu o Palácio Colinas do Boé, a actual sede do Parlamento guineense, que ficou concluída em Março deste ano, tem também previsto construir, de raiz, um novo edifício de seis pisos onde ficará instalada a sede do governo.

A China, que tenciona também recuperar o palácio presidencial, parcialmente destruído durante o conflito militar de 1998/99, é um das principais parceiros da Guiné-Bissau. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH