Acordo de Angola com o FMI pode significar aumento da ajuda financeira do Japão

22 November 2005

Luanda, Angola, 22 Nov – A assinatura de um acordo global entre Angola e o Fundo Monetário Internacional (FMI) poderá significar o aumento das ajudas
financeiras concedidas pelo Japão àquele país africano, afirmou em Luanda o senador japonês Tetsuro Yano.

O acordo com o FMI, actualmente a ser negociado, deverá significar o reforço das modalidades de cooperação com Angola, segundo afirmou o senador, que
liderou uma delegação parlamentar japonesa numa visita dois dias a Angola. O Japão concedeu a Angola perto de 24 milhões de dólares no ano passado, mais
dois terços do que no ano anterior.

Após uma audiência com o presidente angolano, José Eduardo dos Santos, o senador japonês afirmou que está a concretizar-se uma nova fase de desenvolvimento entre os dois países sendo necessário que os laços sejam mais dinâmicos.

Tetsuro Yano deixou ainda em aberto a possibilidade de o modelo de ajuda a Angola através de fundos não-reembolsáveis evoluir para um baseado no reembolso das ajudas.

Durante a estada em Angola, o senador japonês foi ainda recebido pelo primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional, João Lourenço, e pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, João Miranda.

Actualmente, actuam em Angola empresas japonesas como a Toyota, Sumitomo, Nishimatsu, Mitsui e Ajoco – Angola Japan Oil Company. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH