Cabo Verde: Banco Mundial recomenda investimentos no turismo e pescas

24 November 2005

Cidade da Praia, Cabo Verde, 24 Nov – Os sectores das pescas, turismo e serviços financeiros são aqueles com maior potencial de desenvolvimento em Cabo Verde, afirma a Agência Financeira Internacional do Banco Mundial (BM), que questiona a sustentabilidade dos investimentos em transportes.

Num relatório entregue ao Governo, elaborado de acordo com os parâmetros do “Desafio do Milénio” (Millenium Challenge Account), o Banco Mundial considera que os transportes aéreos e marítimos, uma aposta do actual executivo cabo-verdeano para o desenvolvimento do arquipélago, não estão entre “os que melhores oportunidades oferecem aos operadores privados”.

Para o BM, neste sector não está garantida uma taxa de rentabilidade superior a 10 por cento, como recomenda o Millenium Challenge para investimentos privados.

O Governo cabo-verdeano tem vindo a assumir a estratégia transformar o arquipélago num “hub” de transportes marítimos e aéreos, uma plataforma de ligação entre a Europa e o continente africano.

Para isso, estão a ser desenvolvidas as infra-estruturas do país, com destaque para novos aeroportos nas ilhas de São Vicente e Boavista. Em Setembro, o segundo aeroporto do país, da Cidade da Praia, passou a receber voos internacionais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH