Futura refinaria de Benguela começará a funcionar em 2009

30 November 2005

Luanda, Angola, 30 Nov – A refinaria que está a ser construída na província de Benguela terá uma capacidade diária de refinação de 200 mil barris de petróleo, um custo de 3,5 mil milhões de dólares e estará pronta a entrar em funcionamento em 2009,anuncia hoje a agência noticiosa Panapress.

A agência cita O administrador da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), Syanga Abílio, que falava num encontro em Londres com 170
representantes de empresas petrolíferas para os informar sobre a intenção da empresa em adjudicar sete blocos para exploração de petróleo em águas rasas e profundas.

Syanga Abílio anunciou ainda que a empresa que dirige vai lançar, a 13 de Dezembro próximo, concursos públicos para atribuição das concessões, adiantando que até 01 de Dezembro será feita a pré-qualificação dos candidatos que, depois do lançamento oficial do concurso, terão 60 dias para apresentar as suas propostas.

Syanga Abílio disse que o concurso tem como objectivo principal dar um novo impulso à exploração petrolífera e aumentar a produção de petróleo, que actualmente ronda um milhão e 200 mil barris por dia e com previsão de aumento.

O administrador da companhia petrolífera angolana escusou-se falar das receitas que poderão advir da adjudicação, alegando que o objectivo inicial é atrair investidores para o país.

A Sonangol realizou uma actividade idêntica a 14 de Novembro na cidade de Houston (Estados Unidos).

Angola é o segundo maior produtor de petróleo da África Subsariana depois da Nigéria. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH