PIB português vai crescer 1,0 por cento em 2006

30 November 2005

Lisboa, Portugal, 30 Nov – A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) anunciou terça-feira que o PIB português deverá crescer 1% em 2006, registando o pior desempenho entre os 30 países membros da organização.

A OCDE divulgou as suas previsões para as economias dos 30 países que integram a Organização, e o cenário mais pessimista é o de Portugal.

Para 2005 a OCDE reviu em alta a sua previsão de crescimento, antevendo para Portugal uma expansão do PIB em 0,8% acima dos 0,7% estimados em Maio passado.

Entre os 30 países membros da OCDE, segundo as previsões da organização, nenhuma economia irá ter um desempenho igual ou inferior à portuguesa em 2006.

Apenas a Alemanha, a Itália e a Suíça irão crescer abaixo dos 2% em 2006, mas ainda assim irão registar um desempenho superior a Portugal.

Para 2007 o cenário melhora mas Portugal vai continuar na «cauda» dos países da OCDE.

O PIB português deve expandir-se 1,8%, o que significa o terceiro pior desempenho entre os países da OCDE.

trimestre de 2006 e 2,3% nos últimos três meses de 2007.

No relatório sobre Portugal, a OCDE afirma que a economia portuguesa começou a recuperar na primeira metade de 2005, impulsionada pelas exportações e pelo consumo privado.

«O crescimento da economia [portuguesa] deve ganhar ‘momentum’ em 2006 e 2007, mas deverá continuar atrás da Zona euro, com a economia ainda a operar bem abaixo do seu potencial.

Para a Zona Euro a OCDE antevê um crescimento económico de 1,4% em 2005, 2,1% em 2006 e 2,2% em 2007. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH