PM chinês visita Portugal a 9 e 10 de Dezembro

1 December 2005

Pequim, China, 01 Dez – O governo chinês vai elevar a relação bilateral com Portugal para o nível de “parceria estratégica” durante a visita do primeiro-ministro chinês Wen Jiabao a Portugal nos próximos dias 9 e 10, anunciou quarta-feira em Pequim fonte oficial.

Portugal junta-se assim à Grã-Bretanha, França, Alemanha e Espanha, únicos países europeus a quem a China concedeu até agora o estatuto de “parceiro estratégico”.

“Iremos elevar a a relação entre Portugal e a China para o nível de ‘Parceria Estratégica Global’, no âmbito de uma declaração conjunta a ser emitida pelos governos dos dois países”, anunciou Zhao Jun, director-geral do Departamento d e Assuntos Europeus do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China, durante um conferência de imprensa preparatória da visita do primeiro-ministro Wen Jiabao à Europa.

Portugal e a China vão também assinar diversos acordos de cooperação, na área judicial e de protecção de investimento, disse Zhao Jun, adiantando que falta ainda resolver alguns dpormenores até à chegada do primeiro-ministro chinês a Portugal.

Segundo os números das autoridades chinesas, o comércio bilateral entre Portugal e a China foi de 908 milhões de dólares norte-americanos nos primeiros nove meses de 2005, contra 869 milhões de dólares na totalidade de 2004.

O primeiro-ministro chinês é acompanhado pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, Li Zhaoxing, das Finanças, Jin Renqing, da Cultura, Sun Jiazheng e os vice-ministros dos Negócios Estrangeiros, Zhang Yesui, do Comércio, Yu Guangzhou, bem como o vice-ministro da Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento, Zhang Xiaoqiang.

A visita de Wen Jiabao a Portugal, a primeira de um primeiro-ministro chinês em 13 anos, é feita a convite do chefe do governo português, José Sócrates.

O primeiro-ministro chinês vai manter encontros com o presidente da República, Jorge Sampaio, com o primeiro ministro José Sócrates e com o presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, e participar em diversas actividades bilaterais nos campos da educação, comércio e cultura.

A visita de Wen Jiabao a Portugal integra uma ronda europeia que inclui a República Checa, a Eslováquia e França, entre 04 e 10 de Dezembro, que Zhao Jun considerou como um “grande acontecimento nas relações entre a União Europeia e a China”.

A visita de Wen Jiabao a Portugal esteve marcada para Outubro, mas foi adiada por motivos de agenda interna do primeiro-ministro chinês. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH