Petronas reinicia prospecção de petróleo no Delta do Zambeze, Moçambique

6 December 2005

Maputo, Moçambique, 06 Dez – A petrolífera Petronas da Malásia e a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos de Moçambique (ENH) anunciaram domingo que vão reiniciar em 2006 a prospecção de petróleo no Delta do Zambeze, no centro do país.

Segundo as duas empresas públicas, as pesquisas em curso no âmbito de um projecto de prospecção conjunto iniciado há três anos levaram à decisão de abrir de um novo furo na zona de exploração, que cobre uma área total de perto de 29 mil metros quadrados.

O acordo entre a Petronas e a ENH dá à petrolífera malaia uma participação de 85 por cento no bloco de exploração, através da subsidiária Petronas Carigali Mozambique E&P Limited, enquanto que a empresa pública moçambicana detém 15 por cento.

Caso sejam feitas descobertas e a produção avance, a Petronas Caligari será a operadora comercial designada, e a ENH tem a opção de aumentar a sua participação até 20 por cento do capital na “joint-venture”.

O investimento nas operações de exploração Petronas-ENH está avaliado em 70 milhões de dólares.

Além de Moçambique, a Petronas, detida pelo governo da Malásia, está envolvida em actividades de “upstream” na Argélia, Angola, Chade, Camarões, Gabão, Níger, Sudão, África do Sul, Tunísia e Líbia.

A bacia do Delta do Zambeze possui reservas conhecidas de hidrocarbonetos, tendo sido já descobertos vários campos de gás natural no “on-shore”.

Mais a Sul, a petrolífera sul-africana Sasol está a pesquisar petróleo na Bacia de Sofala, um investimento de perto de 40 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH