Governo brasileiro doa um milhão de dólares à Guiné-Bissau para reforçar orçamento de Estado

7 December 2005

Brasília, Brasil, 07 Dez – O Governo brasileiro vai doar um milhão de dólares à Guiné-Bissau para reforçar o Orçamento de Estado e apoiar a reforma das forças armadas e de segurança do país, anunciou hoje o director do departamento África do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, Fernando Magalhães Pimenta.

O anúncio foi feito após uma reunião do responsável brasileiro com o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes, que realçou o papel dos parceiros da Guiné no desenvolvimento do país da África ocidental, e considerou o equilíbrio financeiro público e “um dos principais problemas”, que condiciona a estabilidade do país.

Fernando Pimenta manifestou o empenho do Brasil na estabilização da situação na Guiné-Bissau e destacou a “forma exemplar” como foi conduzido o processo de transição política, que culminou em Julho com a realização de eleições presidenciais.

Além do apoio ao orçamento e aos programas de reforma das Forças de Defesa e Segurança, o director do departamento África do Ministério das Relações Exteriores do Brasil reforçou a promessa do seu governo em ajudar a Guiné-Bissau nos campos da Educação, Saúde, e Agricultura, entre outros.

Actualmente, cerca de seis centenas de jovens guineenses estudam nas universidades e escolas superiores brasileiros, no âmbito de programas convénio, que permitem matrículas gratuitas, limitando-se o país a custear os estudos.

O Governo brasileiro doou no ano passado um milhão de dólares às autoridades de Bissau, um montante que foi empregue no chamado Fundo de Emergência para a Gestão Económica da Guiné-Bissau.

Este fundo, gerido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), enquadrou-se no âmbito do apoio internacional que vários países fizeram à Guiné-Bissau para superar a crise económica, permitindo pagar pelo menos um ano de salários aos funcionários públicos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH