Portugal investe 7,1 mil milhões de euros em comboio de alta velocidade

8 December 2005

Lisboa, Portugal, 08 Dez – O governo português vai investir 7,1 mil milhões de euros em duas linhas ferroviárias de alta velocidade, que deverão entrar em funcionamento em 2013, revela hoje o Jornal de Negócios.

O diário português, que cita fonte governamental, precisa que o investimento previsto nas linhas Lisboa-Porto e Lisboa-Madrid será suportado em 70 por cento por recursos do Estado, em parte através de um empréstimo do Banco Europeu de Investimento.

A amortização do financiamento deverá ter início apenas depois da conclusão das obras de construção, dentro de oito anos.

Os restantes 30 por cento deverão ser obtidos através de fundos da União Europeia, que já foram comprometidos, numa altura em que os países-membros tentam chegar a acordo quanto às perspectivas financeiras europeias para os próximos anos.

A ligação Lisboa ao Porto, segunda maior cidade do país, deverá custar cinco mil milhões de euros, enquanto que a ligação da capital até à fronteira com Espanha, onde haverá ligação até Madrid, representa um investimento de 2,1 mil milhões de euros, segundo os cálculos do governo.

Com o início da construção previsto para 2008, as autoridades portuguesas comprometem-se a construir em seis anos 500 quilómetros de linha ferroviária de alta velocidade.

A rede de alta velocidade representa o maior investimento em obras públicas projectado pelo governo português para os próximos anos, em paralelo com o novo aeroporto internacional da Ota, onde serão gastos perto de 3 mil milhões de euros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH