Exportações chinesas para o Brasil aumentaram 44% até Novembro

13 December 2005

São Paulo, Brasil, 13 Dez – As exportações chinesas para o Brasil aumentaram 43,6 por cento para 4,85 mil milhões de dólares, entre Janeiro a Novembro deste ano, face a igual período de 2004, foi segunda-feira divulgado.

Os principais produtos chineses exportados para o Brasil no período foram aparelhos electrónicos, componentes para telemóveis e tecidos, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil.

As exportações chinesas representaram cerca de seis por cento de todas as compras realizadas pelo Brasil no estrangeiro, no período em análise.

As exportações brasileiras para a China, por seu turno, registaram um aumento de 20,5 por cento para 6,09 mil milhões de dólares, nos onze primeiros meses deste ano, em relação ao período homólogo de 2004.

O Brasil vendeu para a China produtos agrícolas e matérias-primas, nomeadamente grãos de soja e minério de ferro, que juntos representam mais da metade do total exportado.

As exportações brasileiras para a China representaram 5,67 por cento do total de produtos comercializados no estrangeiro pelo país no período em análise.

No ano passado, o comércio bilateral entre Brasil e a China ascendeu a 9,15 mil milhões de dólares, um aumento de 37 por cento em relação ao total registado em 2003.

O Brasil exportou para a China em 2004 um total de 5,44 mil milhões de dólares e importou 3,71 mil milhões de dólares de produtos chineses, o que resultou num saldo positivo de 1,73 mil milhões de dólares.

Nos onze primeiros meses deste ano, o comércio bilateral entre Brasil e China já ascendeu a 10,94 mil milhões de dólares.

A projecção das autoridades brasileiras é de que o comércio com a China encerrará este ano em torno de 12 mil milhões de dólares.

Actualmente, a China é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, atrás apenas dos Estados Unidos e da Argentina. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH