China vai conceder licenças para 3G em 2006

28 December 2005

Pequim, China, 29 Dez – A China vai atribuir frequências e conceder licenças para as telecomunicações de terceira geração (3G) em 2006, anunciou terça-feira em Pequim o ministro da Indústria da Informação, Wang Xudong.

Embora os analistas do sector há muito anunciassem que a tecnologia 3G seria empregue na China em 2006, as afirmações de Wang foram o primeiro anúncio formal de um calendário por parte de um alto dirigente.

O ministro afirmou igualmente que os utilizadores de telefones na China atingirão quase mil milhões em 2010 e que o sector das tecnologias de informação vai gerar receitas de 280 mil milhões de dólares, o que representará 10 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) chinês.

O ministério tem realizado testes de 3G em Xangai, Pequim e Cantão e seis operadores de telecomunicações, incluindo a China Mobile e China Telecom, já montaram cerca de 300 estações terrestres.

Os fabricantes de equipamentos, casos da Nokia, Alcatel Shanghai Bell e Siemens, estiveram igualmente envolvidos nestes testes.

As tecnologias concorrentes são a TD-SCDMA, desenvolvida na China, a Wideband-CDMA da Europa e a CDMA 2000, dos Estados Unidos.

A Datang, a empresa chinesa que desenvolveu o TD-SCDMA, anunciou terça-feira ter recebido um empréstimo de 300 milhões de yuan do Banco de Desenvolvimento da China para o desenvolvimento continuado do sistema. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH