Angola produziu 38 mil metros cúbicos de granito negro em 2005

2 January 2006

Luanda, Angola, 02 Jan. – O subsector das rochas ornamentais, que engloba 11 empresas, produziu, durante 2005, 38 mil metros cúbicos de granito negro, disse sábado, em Luanda, o titular da pasta da Geologia e Minas, Manuel Africano.

O governante esclareceu que dos 38 mil metros cúbicos produzidos, 35 mil foram exportados, permitindo arrecadar receitas brutas no valor de seis milhões de dólares e receitas fiscais estimadas em 1,462 milhões de dólares.

Relativamente a 2004, o volume dos produtos exportados conheceu um acréscimo de 137 por cento, a arrecadação de receitas brutas registou um aumento de 89,5 por cento e as receitas fiscais cifraram-se em 178 por cento.

Relativamente a outros sectores de actividade mineira, o ministro explicou que o projecto de exploração de cobre na província do Uíge precisa de investimentos no valor de 4,1 mil milhões de dólares para criação de infra-estruturas de apoio à produção, como estradas, caminhos de ferro e centrais eléctricas.

Disse que a empresa angolana A.P Services – detentora dos direitos mineiros para a exploração do cobre – tem estado a procurar parceiros no exterior com potenciais investidores para a viabilização do projecto.

Quanto ao sector dos diamantes, uma das áreas de actividade que tem contribuído significativamente no aumento das receitas do Estado, a produção atingiu os 6.770.766,94 quilates, correspondendo a receitas brutas de mais de mil milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH