Reservas em divisas de Angola ascendem a 3 mil milhões de dólares

3 January 2006

Luanda, Angola, 03 Jan – As reservas em divisas de Angola ascendiam a 3 mil milhões de dólares no final de 2005, quatro vezes o valor registado em 2004, afirmou segunda-feira em Luanda o governador do Banco Nacional de Angola, Amadeu Maurício.

De acordo com Amadeu Maurício, o nível de reservas em divisas alcançado em 2005 é o mais alto da história de Angola e deverá continuar a crescer.

A evolução favorável das contas externas, segundo o governador, reflecte-se também na forma como as autoridades angolanas têm obtido crédito no exterior e na renegociação da dívida externa, a que se associa o clima de paz, a estabilidade política, a queda da inflação, a boa condução da política monetária e ao ritmo de crescimento da actividade económica.

Neste contexto, Amadeu Maurício falou dos esforços que têm sido empreendidos pelo Governo no sentido da redução do serviço da dívida com os credores não membros do Clube de Paris.

Consta das acções a regularização de uma parte significativa da dívida para com os credores portugueses bem como a reactivação das relações no domínio financeiro com Portugal, o que se traduziu numa disponibilização de crédito de 200 milhões de euros.

Destaque também para a operacionalidade da linha de crédito com o Brasil que resultou na concessão de um crédito de 580 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH