Brasil e Angola representam 93% do comércio da China com os países de língua portuguesa

4 January 2006

Macau, China, 04 Jan – O Brasil e Angola chamaram a si de Janeiro a Julho do ano passado 93 por cento de todas as trocas comerciais da China com os países de língua portuguesa, revelam dados oficiais terça-feira divulgados em Macau.

Citados pela agência noticiosa portuguesa Lusa, os dados mostram que o comércio total entre a China e os países de língua portuguesa ascendeu a 12.146 milhões de dólares nos primeiros sete meses de 2005, com as exportações chinesas a representarem cerca de um terço das importações.

Nesse período, o Brasil importou bens no valor de 2,59 mil milhões de dólares e vendeu à China 4,98 mil milhões de dólares. Angola, por seu turno, importou mercadoria no valor de 196 milhões de dólares e vendeu 3,77 mil milhões de dólares.

Em terceiro lugar surge Portugal, mas a uma grande distância do Brasil e de Angola. No período em questão, Portugal adquiriu à China bens no valor de 682 milhões de dólares e vendeu apenas 174 milhões de dólares.

Os restantes países desta lista, de que não consta São Tomé e Príncipe, têm trocas comerciais marginais com a China de muito baixo valor não chegando Moçambique, em quarto lugar, sequer aos 100 milhões de dólares de comércio bilateral.

Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor-Leste não vendem nada à China e compram bens no valor de apenas de 2,34 milhões de dólares, 3,05 milhões e 500 mil dolares. (macaubub)

MACAUHUB FRENCH