Cimenteira Secil vai investir mais de 100 milhões de dólares em Angola

20 January 2006

Benguela, Angola, 20 Jan – A cimenteira portuguesa SECIL vai investir mais de 100 milhões de dólares na construção de uma nova fábrica de cimento no Lobito, que representará cerca de 20 por cento da actual capacidade de produção da empresa em Angola, foi anunciado oficialmente.

A nova fábrica, a ser construída de raiz com um forno de clínquer próprio, vai ajudar a empresa a atingir dentro de três anos uma capacidade de produção anual de 550 mil toneladas.

A antiga fábrica de cimento do Lobito, existente desde os tempos coloniais e recentemente objecto de um processo de privatização, foi quinta-feira re-inaugurada depois de a SECIL ter procedido à sua recuperação e aumento da capacidade produtiva.

Com o nome oficial de Companhia de Cimento do Lobito “Secil Lobito”, a fábrica ganhou uma nova linha de produção que fez aumentar a sua capacidade de 70 mil para 240 mil toneladas.

Trata-se de uma parceria público-privada em que a Secil detem 51 por cento das acções e o estado angolano o resto.

O presidente da Semapa, grupo que controla a Secil, afirmou que o objectivo é fazer da Secil Lobito o maior produtor angolano, ultrapassando a Nova Cimangola – Empresa de Cimentos de Angola, da concorrente portuguesa Cimpor.

Actualmente, a Cimpor, maior fabricante português de cimento e um dos dez maiores a nível mundial, tem uma quota de perto de 80 por cento do mercado angolano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH