Governo português vai criar centro de distribuição em Angola – ICEP

23 January 2006

Porto, Portugal, 23 Jan – O Governo português vai criar em Angola um “grande centro de distribuição” de produtos portugueses, para ajudar as suas empresas a instalarem-se naquele mercado, anunciou sábado, no Porto, Carlos Sá Faria, do ICEP.

Sá Faria acrescentou que em Fevereiro serão anunciados mais pormenores sobre o centro de distribuição a ser criado em Luanda na sequência da apresentação de um projecto de parceria às empresas e associações empresariais.

De acordo com o mesmo responsável, este é um projecto considerado prioritário, que deverá ser aprofundado até Março, altura em que está prevista uma “missão governativa e empresarial a Angola”.

Carlos Sá Faria falava em nome do presidente do ICEP, num debate com empresários sobre “China, Angola, Espanha: ameaças ou oportunidades para as pequenas e medias empresas (PME)”, organizado pela Associação PME Portugal.

O responsável escusou-se a adiantar mais pormenores sobre a plataforma logística a criar em Angola e a responder à pergunta de um dos participantes no debate sobre a inclusão de pequenos e médios empresários na comitiva do primeiro-ministro, mas assegurou que “certamente a associação PME Portugal será incluída no projecto de parceria empresarial”.

O ICEP Portugal anunciou, entretanto, que está a negociar com os grupos portugueses Sonae, Amorim e Espírito Santo, entre outros, a entrada no projecto da criação de um centro de distribuição de produtos portugueses na China.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH