Grupo belgo-brasileiro adquiriu cervejeira estatal chinesa por 614 milhões de euros

24 January 2006

São Paulo, Brasil, 24 Jan – O grupo belgo-brasileiro InBev anunciou segunda-feira, em São Paulo, um acordo com vários ccionistas para aquisição da totalidade do capital da cervejeira chinesa Fujian Sedrin Brewery por 614 milhões de euros.

A primeira parcela de 39,48 por cento do capital será adquirida ao Governo chinês, na sequência da aprovação dos órgãos reguladores do mercado, anunciou a empresa em comunicado.

Os outros 60,52 por cento restantes do capital serão adquiridos de outros accionistas, em uma ou mais etapas, antes do fim de 2007, refere o comunicado.

A aquisição da estatal Fujian Sedrin Brewery, uma das líderes do mercado chinês de cervejas, é uma das maiores já realizadas por uma empresa estrangeira na China.

A aquisição reforçará a participação da InBev no mercado chinês, onde o grupo já investiu cerca de 400 milhões de euros na compra de 30 companhias nas províncias de Fujian, Guangdong, Hebei, Hubei, Hunan, Jiangsu, Jiangxi e Zhejiang, desde 1984.

Actualmente, a InBev é uma das maiores cervejeiras da China, com uma produção de anual de cerca de 3,5 mil milhões de litros.

A InBev foi constituída no ano passado pela fusão da belga Interbrew e da brasileira AmBev, a maior empresa de bebidas da América Latina e a sétima maior do mundo.

A Fujian Sedrin é a maior cervejeira da província de Fujian, na costa oriental da China, com fábricas nas cidades de Putian e Sanming.

A cervejeira controla ainda uma outra fábrica em Nanchang, na província de Jiangxi.

A brasilleira Ambev é o maior fabricante de bebidas do Brasil, responsável por marcas populares de cerveja como Skol e Brahma, para além do refrigerante Antártica. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH