Produto Interno Bruto da China cresceu 9,9 por cento em 2005

26 January 2006

Pequim, China, 26 Jan – O Produto Interno Bruto (PIB) da China aumentou 9,9 por cento em 2005 para 18,23 biliões de yuan (2,3 biliões de dólares) empurrado pela procura interna, foi oficialmente anunciado quarta-feira em Pequim.

O Departamento Nacional de Estatística anunciou ainda que o PIB “per capita” ascendeu a 1.700 dólares em 2005.

Alguns economistas, que prevêem para 2006 um crescimento do PIB entre 8,5 e 10 por cento ou mesmo mais, dizem que a economia vai continuar a ser empurrada pela procura interna à semelhança de 2005.

Falando em conferência de imprensa, Li Deshui, director do departamento, afirmou que a economia está “cheia de vitalidade” com os três motores – investimento, consumo e saldo comercial – em “boa forma”.

2005 foi o terceiro ano consecutivo em que o PIB da China registou uma taxa de crescimento próxima dos 10 por cento.

Segundo os números do departamento de estatística, a balança comercial da China registou um excedente de 101,9 mil milhões de dólares, atingindo um máximo histórico.

As exportações atingiram 762 mil milhões de dólares em 2005, um aumento de 28,4 por cento, enquanto as importações foram de 660,1 mil milhões de dólares, um aumento de 17,6 por cento, segundo os mesmos dados.

Os investimentos em construção e em fábricas aumentaram 25,7 por cento para os 1.1 mil milhões de dólares, enquanto a produção industrial cresceu 11,4 por cento.

A inflação foi de 1,8 por cento em 2005, contra 3,9 por cento em 2004, referem as estatísticas, que informam ainda que as reservas chinesas de divisas no final de 2005 equivaliam a 818,9 mil milhões de dólares americanos, mais 208,9 que no ano anterior. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH