Índia financia fábrica de caju em Moçambique

27 January 2006

Maputo, Moçambique, 27 Jan – O governo indiano vai financiar a instalação em Moçambique de uma fábrica de processamento de caju, um dos principais produtos de exportação do país, projecto que representa um investimento de perto de um milhão de dólares.

O projecto foi lançado na quarta-feira em Maputo, com a assinatura de um acordo entre os governos de Moçambique e da Índia, que prevê que a unidade industrial entre em funcionamento ainda em 2006.

A fábrica terá uma capacidade de processamento de perto de 1.500 toneladas de caju por ano, segundo noticia a imprensa local.

O caju é actualmente um dos principais produtos de exportação de Moçambique, juntamente com a energia (da Hidroeléctrica de Cahora Bassa) e produtos naturais como o camarão, açúcar e madeiras.

As grandes infra-estruturas produtivas, entre as quais avulta Cahora Bassa e a Mozal, representam perto de 70 por cento do total de exportações previsto para este ano.

Em 2004, as exportações moçambicanas ascenderam a 1.503 milhões de dólares, um aumento de 44 por cento em relação ao ano anterior.

Em 2005, terão crescido perto de 4,3 por cento, de acordo com as últimas estimativas do Fundo Monetário Internacional.

Os principais destinos de exportação são a Bélgica, África do Sul, Portugal, Espanha, Índia e Zimbabué. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH