Consultora portuguesa adquire direitos de utilização de Zona de Processamento de Exportações em Weifang

1 February 2006

Lisboa, Portugal, 01 Fev – A consultora portuguesa Edeluc comprou os direitos de utilização de quase 40 por cento da Zona de Processamento de Exportações (ZPE) de Weifang, na província de Shangdong, com o objectivo de alojar empresas de Portugal que queiram iniciar actividades na China, revelou o director da empresa.

Fernando Costa Freire, “managing partner” da Edeluc – Estudos e Projectos de Investimento adiantou ao Jornal de Negócios que a consultora possui os direitos de uso de 39 hectares dos cerca de 100 da ZPE da cidade chinesa, e está agora em contactos com empresa portuguesas interessadas em instalar-se.

“A nossa ambição é criar um cluster de empresas portuguesas na China, porque isso traria vantagens comparativas em relação a uma actuação solitária. As empresas beneficiariam de poupanças acrescidas em função das barreiras provocadas pela língua, distância e desconhecimento de alguns procedimentos do mercado chinês”, afirmou Costa Freire.

Além de localização, a Edeluc presta serviços de consultoria às empresas que pretendam iniciar as suas actividades na China.

Actualmente, estão a ser desenvolvidas em todo o território chinês 38 ZPE, que funcionam como zonas francas, onde é feito o desalfandegamento de mercadorias, além de conferirem às empresas presentes alguns tipos de isenções aduaneiras e benefícios fiscais.

Para Costa Freire, “as empresas portuguesas estão muito interessadas na China, mas ainda há muito receio, é um mercado desconhecido dos empresários”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH