Luanda precisa aumentar capacidade hoteleira em 3.000 camas, diz ministro do Turismo

1 February 2006

Luanda, Angola, 01 Fev – Luanda, capital angolana, precisa de aumentar a sua capacidade hoteleira em 3.000 camas, para corresponder ao esperado aumento de turistas, principalmente de negócios, afirmou o ministro da Hotelaria e Turismo, Eduardo Chigunji.

Os objectivos de Plano Director do Turismo de Angola foram avançados aos responsáveis da organização não-governamental portuguesa Fórum Portucalense, que esta semana divulgaram no Porto as conclusões de uma visita de uma semana àquele país africano.

Chigunji adiantou que as estimativas do governo apontam ainda para a necessidade de construção de perto de 25 novos hotéis nos próximos anos, para tirar partido do aumento do número de turistas previsto.

O governo pretende ainda aumentar a componente de turismo de negócios no país, que actualmente está nos 19 por cento, disse o ministro angolano.

Chigunji manifestou ainda a intenção de estimular a construção de superfícies comerciais de média dimensão na periferia da capital angolana, à semelhança do projecto Belas Shopping Center, actualmente em desenvolvimento, de acordo com comunicado do Fórum.

A instituição de apoio ao desenvolvimento do Norte de Portugal manteve ainda, através do seu presidente António Vilar, contactos com os ministros do Comércio, Joaquim Muafumba, e da Saúde. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH