Brasil supera EUA e assume liderança na exportação de soja em 2006

15 February 2006

São Paulo, Brasil, 15 Fev – O Brasil vai superar os Estados Unidos e assumir, pela primeira vez na história, a liderança mundial na exportação de soja em 2006, foi terça-feira divulgado.

A projecção é de que as exportações de soja brasileira ascendam a 26,07 milhões de toneladas, superando os Estados Unidos, que deverão exportar 24,77 milhões de toneladas.

Analistas do sector afirmam que a tendência é de o Brasil se afirmar como exportador do produto, enquanto que os Estados Unidos deverão direccionar sua produção para o mercado interno.

O analista Anderson Galvão, da consultoria brasileira Céleres, citado pelo jornal Gazeta Mercantil, salienta que os EUA tem restrições para aumentar a área plantada, o que não decorre no Brasil.

O problema é maior à medida que os produtores norte-americanos se dedicam cada vez mais à produção de milho, cereal utilizado no fabrico de etanol combustível.

Outro factor é que a indústria de alimentos norte-americana e o fabrico de biodiesel nos EUA utilizam mais o óleo derivado da soja do que no Brasil.

Contribuiu ainda para a diminuição das exportações de soja norte-americanas os problemas causados pela passagem do furacão Katrina, que atingiu o litoral Sul do país em Agosto de 2005.

“O Brasil exportou muito grão de soja entre Outubro do ano passado e Janeiro deste ano, período que historicamente os EUA eram mais competitivos”, disse o especialista Gonzalo Terracini.

No ano passado, o Brasil foi o segundo maior exportador de soja para a China, depois dos Estados Unidos.

As exportações brasileiras de soja para a China aumentaram 41,6 por cento, face a 2004, para oito milhões de toneladas, um terço do total de 26,6 milhões de toneladas importadas pelo país.

Os Estados Unidos exportaram para a China 11 milhões de toneladas de soja, ou 41 por cento do total.

A soja é o principal produto da pauta de exportações do Brasil para a China, seguido pelo minério de ferro, que juntos representam mais da metade do total exportado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH