Receitas do jogo até Fevereiro atinjem 7.800 milhões de patacas

28 February 2006

Macau, China, 28 Fev – As receitas brutas do jogo em Macau deverão atingir 7.800 milhões de patacas até ao final de Fevereiro, mais 16 por cento do que nos primeiros dois meses de 2005, indicam dados oficiais divulgados pela agência noticiosa portuguesa.

Os mesmos dados indicam que as receitas brutas dos dois primeiros meses deste ano representam um acréscimo de 140 por cento em relação ao período homólogo do ano de 2002.

O sector do jogo, a principal fonte de receitas das finanças públicas da Região Administrativa Especial de Macau, gerou receitas brutas de 45.800 milhões de patacas em 2005 sobre os quais recaem impostos directos de 35 por cento e indirectosde cerca de quatro por cento.

Só em impostos directos sobre o Jogo, Macau arrecadou em 2005 1.656,1 milhões de euros ou 16.561,9 milhões de patacas.

Desde a liberalização do sector em 2002 – que só aconteceu de facto em 2004 com a abertura do casino Sands da norte-americana Venetian – as receitas brutas do jogo mais que duplicaram.

Além da Sociedade de Jogos de Macau, de Stanley Ho, que possui 16 dos 19 casinos em funcionamento em Macau, estão no mercado a Galaxy, que em 2002 concorreu a uma licença associada à norte-americana Venetian.

A Wynn Resorts, outros dos concessionários, vai abrir o seu primeiro hotel/casino na segunda metade de 2006 e não anunciou até agora qualquer subconcessão da sua licença de jogo.

A MGM Mirage, que tem uma joint-venture com Pansy Ho – filha de Stanley Ho – está a construir um hotel casino no centro da cidade que vai operar com uma subconcessão da licença da Sociedade de Jogos de Macau.

Até ao final de 2006 deverão estar a funcionar em Macau 25 casinos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH