Polónia empresta 36 milhões de dólares a Angola para pescas

2 March 2006

Luanda, Angola, 02 Mar – O governo polaco vai conceder um crédito de 36 milhões de dólares a Angola para financiar projectos no sector das pescas, incluindo a compra de embarcações e a criação do Instituto Superior das Pescas.

Os acordos foram quarta-feira assinados em Luanda entre os governos de Angola e da Polónia, na sequência das negociações entre os dois países iniciadas em Varsóvia, em Setembro de 2005.

O primeiro acordo prevê a atribuição de um crédito de ajuda de 14 milhões de dólares para projectos na área da educação, dos quais 85 por cento serão aplicados na construção, equipamento e implementação do programa educacional do Instituto Superior das Pescas, que será instalado no Namibe, na costa atlântica do sul de Angola.

O segundo acordo hoje assinado envolve a concessão de um crédito comercial de 22 milhões de dólares para financiar projectos de investimento no sector pesqueiro, dos quais 85 por cento serão destinados à construção de barcos para a pesca de camarão.

Eugeniusz Rzelvuski, embaixador da Polónia em Angola, afirmou que em breve será assinado um outro acordo entre os dois países tendo em vista a participação da Polónia na construção do futuro Instituto Superior das Pescas, na definição do seu perfil curricular e no seu corpo docente.

Por seu lado, o ministro angolano das Finanças, José Pedro de Morais, considerou que os acordos assinados representam as “novas regras” de cooperação financeira que Angola tem vindo a estabelecer com os seus principais parceiros económicos.

“Temos vindo a trabalhar intensamente para resolver definitivamente a nossa dívida pública externa, o que temos conseguido de forma pontual com alguns países”, salientou.

A dívida de Angola à Polónia está avaliada em cerca de 60 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH