Têxteis chineses com entrada dificultada no Brasil a partir de Abril

13 March 2006

Brasília, Brasil, 13 Mar – A entrada de produtos têxteis chineses no Brasil vai passar a ser controlada a partir de 03 de Abril, nos termos do acordo assinado este mês pelos ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil Luiz Fernando Furlan e do Comércio da China Bo Xilai, anunciou fonte oficial.

O acordo, válido no período de 2006 a 2008, prevê que os chineses limitem o volume de produtos embarcados para o Brasil tendo sido fixados limites para oito categorias de têxteis, que somam cerca de 70 tipos diferentes de produtos e equivalem a 60% das importações do sector.

Entre 2004 e 2005, as exportações de produtos têxteis chineses ao Brasil cresceram 43% e chegaram a 360 milhões de dólares.

Em 2005, as importações chinesas aumentaram 44,27% e as exportações do Brasil para a China cresceram 25,62% tendo o saldo sido positivo para o Brasil em 1.500 milhões de dólares.

Outros sectores da indústria brasileira preparam-se para solicitar ajuda oficial contra o que afirmam ser a concorrência desleal dos produtos que chegam da China.

Apesar de preferir as negociações, o governo brasileiro não afasta a possibilidade de adoptar medidas efectivas de defesa comercial contra a China, se necessário. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH