Importações de Cabo Verde atingem valor recorde com aumento de despesas de capital e combustíveis

22 March 2006

Cidade da Praia, Cabo Verde, 22 Mar – As importações de Cabo Verde atingiram um valor recorde no ano passado, 35,8 mil milhões de escudos cabo-verdianos (395 milhões de dólares), seis por cento acima do ano anterior, devido à subida dos gastos na aquisição de combustíveis e bens de capital.

A síntese estatística de 2005 do Banco de Cabo Verde, consultada pelo Macauhub, revela ainda um decréscimo significativo do valor das exportações de Cabo Verde, em cerca de dois terços, para 1.567 milhões de escudos cabo-verdianos (17 milhões de dólares).

Esta quebra acentuada ficou a dever-se sobretudo ao comportamento das exportações de vestuário e calçado e agravou o saldo da balança comercial para 378 milhões de dólares negativos.

O comportamento das importações ficou em linha com as previsões da Fitch Ratings, mas a quebra nas exportações ficou bastante acima do estimado, que era de um crescimento marginal.

Ainda segundo dados do Banco de Cabo Verde, as remessas de emigrantes aumentaram 30 por cento no ano passado, para 11 mil milhões de escudos cabo-verdianos (121 milhões de dólares).

Em 2005, a economia de Cabo Verde cresceu acima de 7 por cento, mais do que o esperado, graças ao bom comportamento do investimento estrangeiro e das remessas de emigrantes.

O novo Governo de Cabo Verde, empossado no início do mês, elege como principal prioridade para a legislatura aumentar o ritmo de crescimento da economia do arquipélago para a casa dos dois dígitos. (macauhub)