Banco Mundial financia com 4,8 milhões reabilitação de pontes em Maxixe e Inhambane

30 March 2006

Maputo, Moçambique, 30 Mar – O Banco Mundial vai financiar com 4,8 milhões de euros as obras de reconstrução das pontes-cais de Maxixe e Inhambane, província de Inhambane, que deverão arrancar nas próximas semanas, anunciou o governador provincial.

Na apresentação da província ao chefe do Estado, Armando Guebuza, que na terça-feira iniciou uma visita a Inhambane, o governador Lázaro Vicente afirmou que a reconstrução das pontes-cais vai permitir “maior segurança e eficácia na exploração de transporte fluvial” na baía de Inhambane.

Para o primeiro semestre de 2007, adiantou, está ainda prevista a construção da estrada Mapinhane-Pafúri, um projecto com que o governo provincial conta também para estimular a economia local.

Na sua apresentação, citada pelo diário moçambicano Notícias, Lázaro destacou alguns indicadores de crescimento económico, que, afirmou, permitiu minorar os efeitos da seca sentida no ano passado.

O volume de investimentos na área turística aumentou 21 por cento, para 3,2 milhões de dólares, traduzindo-se na entrada em funcionamento de 29 estâncias turísticas.

A indústria local registou um volume de negócios de 3,11 milhões de dólares, com destaque para a produção de 12 mil toneladas de sabão, óleo e bagaço, afirmou ainda o governador. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH