Orçamento de Estado de Cabo Verde prevê crescimento económico de 7,5 por cento

7 April 2006

Cidade da Praia, Cabo Verde, 07 Abr – O Orçamento de Estado de Cabo Verde para 2006, que irá começar a ser discutido em breve a nível governamental, prevê um crescimento económico de 7,5 por cento, acima do registado nos dois anos precedentes, revelou quarta-feira o Governo.

As directivas do Orçamento apontam ainda para uma inflação de dois por cento e um défice público global de quatro por cento, segundo revelou a ministra-adjunta do primeiro ministro, Sara Lopes, após a última reunião do Conselho de Ministros.

Em 2005, o crescimento económico de Cabo Verde ficou acima dos 7 por cento, mais do que o esperado, graças ao bom comportamento do investimento estrangeiro, exportações e remessas de emigrantes, de acordo com o Governo.

A taxa de inflação média voltou a crescer, 0,4 por cento, saindo do estado de deflação registado em 2004.

Segundo a ministra-adjunta do primeiro ministro, citada por um comunicado governamental, a previsão de crescimento da economia para 2006 “demonstra uma tendência ascendente e a solidez deste crescimento em Cabo Verde”.

“Este Orçamento pretende consolidar o crescimento económico já iniciado, irá controlar a qualidade das despesas públicas, e deverá conciliar a continuidade de uma trajectória de estabilidade macro-económica com um ambiente favorável ao crescimento e à competitividade do País”, adiantou Sara Lopes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH