Adega cooperativa de Borba apresenta vinhos na China

10 April 2006

Ningbo, China, 10 Abr – A Adega Cooperativa de Borba realizou sábado uma mostra de vinhos na cidade de Ningbo, Zheijiang, a segunda em cinco meses na província que a adega considera estratégica para a entrada no mercado chinês.

O volume de vendas da Adega Cooperativa de Borba para o mercado chinês ultrapassou 150 mil garrafas em 2005, disse durante a mostra o director-geral da adega, Francisco Henriques, que adiantou que a produtora espera investir mais de 100 mil euros na China em 2006, concentrando-se na província de Zhejiang.

Desde Junho que a adega alentejana vende para o mercado chinês os vinhos tintos “Reserva Montes Claros 2001” e “Adega Cooperativa de Borba DOC 2001” e, segundo Francisco Henriques, o objectivo da adega é “produzir um vinho que seja uma escolha para o mercado chinês.

A Adega Cooperativa de Borba, cujo volume de negócios no ano passado foi de 16,1 milhões de euros, exporta cerca de 20 por cento da sua produção, que atinge 11 milhões de litros em 2005.

Os maiores destinos de exportação da adega são França, Alemanha, Bélgica, Holanda e Luxemburgo, para os Estados Unidos, Canadá e Brasil e, na Ásia, para Macau, China e Japão.

A Adega Cooperativa de Borba reúne 320 viticultores com uma área de vinha de 2.200 hectares nos concelhos de Borba, Estremoz e Vila Viçosa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH