Trocas comerciais entre PALOP e China aumentaram 26,9 por cento em 2005

12 April 2006

Lisboa, Portugal, 12 Abr – As trocas comerciais entre os países africanos de língua portuguesa (PALOP) e a China aumentaram 26,9 por cento em 2005 para 23.190 milhões de dólares, foi terça-feira reafirmado em Lisboa.

Wang Chen An, do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, realçou a importância das relações bilaterais entre Portugal e a China e afirmou que esta cooperação económico-comercial pode servir para “construir uma plataforma para oportunidades de negócios”.

O secretário-geral do Fórum assegurou ainda que os bons resultados obtidos a nível de trocas comerciais foi possível devido a um «esforço comum» e afirmou que na cooperação «há mais áreas a explorar e muito trabalho para fazer».

Carlos Pacheco, representante do ICEP (Instituto de Comércio Externo de Portugal), realçou a importância da dinamização das relações económicas e comerciais entre Portugal e a China, bem como com os países de língua portuguesa e com Macau.

«No ano passado, as exportações de Portugal para a China aumentaram 68,8% e em Janeiro deste ano aumentaram 110%, em comparação com o mesmo período do ano passado», referiu Carlos Pacheco.

Em 2005 verificou-se igualmente um aumento nos investimentos bilaterais, com Portugal a investir 247 milhões de euros na China.

O Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Timor Leste) existe desde 2003 com o objectivo de promover as trocas comerciais e os investimentos bilaterais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH