China quer criar mais 2 complexos portuários, por causa de importação de energia

9 May 2006

Pequim, China, 09 Mai – A China quer adicionar dois novos complexos portuários aos três já existentes para dar resposta às necessidades chinesas de importação de energia, informa o jornal oficial China Daily.

A China, que já conta com três complexos portuários, deverá instalar mais um na província de Fujian, Sudeste do país, em frente a Taiwan, enquanto o segundo complexo deverá ser instalado nas províncias de Hainão e Guangdong, no Sul do país, próximo das principais rotas marítimas chinesas, adianta o China Daily.

O complexo portuário de Fujian incluirá o porto de Zhangzhou, que serve para importação de crude e gás natural, enquanto o segundo complexo articulará os portos de Zhanjiang e Haikou também para a importação de crude e gás natural, enquanto os outros portos das duas províncias servirão para a importação de recursos naturais.

Os três outros complexos portuários já existentes estão localizados em Xangai, o centro económico, comercial e industrial da China, no Leste do país, em Tianjin, no nNorte do país e em Shenzhen, cidade do Sul do país, fronteira a Hong Kong.

O Ministério das Comunicações da China estima que a capacidade de manuseamento de cargas na China aumente de 3,8 mil milhões de toneladas em 2005 para 5 mil milhões em 2010, refere o China Daily. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH