Líbia concede ajuda financeira e envia equipa técnica a São Tomé

10 May 2006

São Tomé, Sáo Tomé e Príncipe, 10 Mai – A Líbia vai conceder ajuda financeira e prestar assistência técnica orçamental a São Tomé e Príncipe, na sequência da vista do presidente do arquipélago a Tripoli na semana passada, noticia a imprensa local.

O Jornal de São Tomé informa que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Comunidades, Carlos Gustavo dos Anjos, recebeu na semana passada o compromisso das autoridades líbias de que irá ser prestado apoio financeiro e de que nos próximos dias chegará ao arquipélago uma equipa técnica especializada.

A assistência técnica e financeira, disse a vice primeira-ministra e ministra de Plano e Finanças, Maria Tebus Torres, permitirá “encontrar novas fórmulas” para resolver os problemas com que o arquipélago se depara.

A delegação são-tomense, encabeçada pelo presidente Fradique de Menezes, visitou também a Nigéria, onde foi pedida a prorrogação do prazo da amortização da dívida para com este país, avaliada em cerca de 15 milhões de dólares.

Tebus Torres representou ainda São Tomé na conferência dos países africanos produtores e exportadores de cacau, principal produto de exportação do arquipélago, em Abuja, Nigéria.

O Orçamento de São Tomé prevê um gasto total de 87 milhões de dólares, 35 por cento para despesas gerais e 65 por cento para despesas de capital, incluindo a amortização da divida externa.

O documento traça como prioridade o pagamento dos subsídios em atraso aos trabalhadores dispensados da função pública, além de duas das mais importantes obras públicas já lançadas no país – o novo porto de águas profundas e a reabilitação e ampliação do aeroporto nacional.

A Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe aprovou recentemente a transferência para o Orçamento de Estado de 15,6 milhões de dólares da Conta do Petróleo, que reúne as receitas de atribuição de licenças de exploração. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH