Grupo comercial brasileiro investe mais de 4 milhões de dólares na produção de cajú em Angola

15 May 2006

Luanda, Angola, 15 Mai – Mais de 4,8 milhões de dólares foram investidos pelo grupo brasileiro Dunia Comercial para o desenvolvimento de um projecto de multiplicação de sementes e cultivo de cajú, na localidade de Nenga, 180 quilómetros do Soyo, província do Zaire.

O projecto, que foi lançado há dias, prevê o cultivo, numa primeira fase, de 2.500 plantas de cajú de espécie brasileira, num campo de três mil hectares, que deverão produzir 240 toneladas da fruta.

De acordo com o director geral da empresa investidora, Adriano Manuel, o negócio tem a parceria da Universidade FAPU, do estado brasileiro de Piauí, que garante parte do apoio técnico e formação em matéria de agronomia de 140 pessoas, organizadas em cooperativas de produção rural.

O agrónomo da Universidade FAPU, Roberto Amaral, considera serem extraordinárias as condições das terras e do clima da região do Nenga, onde foi lançado o projecto, cujo resultados a se alcançar podem rondar aos dois milhões de dólares/ano.

A produção será para o consumo interno e externo, principalmente nos Estados Unidos da América, Canadá e Índia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH