Três empresas interessadas na brasileira Varig pedem empréstimo a banco estatal

19 May 2006

Brasília, Brasil, 19 Mai – Três empresas apresentaram propostas ao Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) a fim de conseguirem um empréstimo para adquirir a companhia aérea Varig, foi quinta-feira anunciado em Brasília.

O BNDES, banco estatal que financia projectos de infra-estruturas no Brasil, não revelou o nome dos candidatos interessados no “empréstimo-ponte” para a Varig.

O banco havia anunciado que poderia financiar até 130 milhões de euros para que a Varig, confrontada com uma grave crise económica, pudesse enfrentar o período de dois meses até ao leilão de uma parte da companhia.

O leilão da empresa está previsto para o início de Julho e deverá reunir pelo menos 17 candidatos, já que a Varig admitiu ter sido procurada por 14 interessados, que não utilizarão dinheiro do BNDES.

Essas empresas, entre as quais estão companhias aéreas brasileiras e estrangeiras, de acordo com a consultoria norte-americana Alvarez & Marsal, contratada para reestruturar a empresa, ofereceram-se para antecipar o dinheiro à Varig através de recursos próprios.

Gol, Ocean Air e WebJet já manifestaram a intenção de participar na disputa, sem recorrer ao empréstimo concedido pelo banco estatal.

A companhia deverá escolher, portanto, a melhor proposta de empréstimo, oferecendo como garantias os créditos a serem recebidos no leilão.

A Varig depende dos recursos do empréstimo para continuar a operar até à data da venda.

A empresa solicitou um financiamento para o próprio leilão ao BNDES, que ainda está a estudar a proposta. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH