ONG canadiana DW quer abrir banco para pessoas de baixo rendimento em Angola

22 May 2006

Luanda, Angola, 22 Mai – A organização não-governamental canadiana Developement Workshop (DW) pretende abrir em Angola uma instituição bancária vocacionada para pessoas de baixo rendimento, que será uma evolução do actual programa de microcrédito, revelou Rolland Vilanueva, director executivo da DW.

A intenção, revelada durante um encontro com líderes de grupos de microcrédito, surge na sequência da crescente adesão de pessoas a este programa de financiamento, pelo que se torna necessário aumentar o valor dos créditos disponibilizados.

Rolland Vilanueva disse que o novo banco poderá servir melhor os clientes e permitir que mais pessoas de baixos rendimentos possam ter acesso ao microcrédito para tentar melhorar as suas condições de vida.

Actualmente, cerca de 12 mil pessoas beneficiam em Angola do programa de microcrédito da DW, lançado inicialmente em 1999, em Luanda, que começou por disponibilizar empréstimos entre 50 e 100 dólares.

O programa, também disponível na província do Huambo, disponibiliza actualmente empréstimos que podem atingir 150 dólares por pessoa ou 3.000 dólares por grupo.

A Developement Workshop, que foi a primeira organização não-governamental que se instalou em Angola, está actualmente a comemorar 25 anos de actividade no país com um programa que inclui a inauguração de uma biblioteca on-line e o lançamento de um telecentro que disponibiliza acesso à Internet.

Esta organização não-governamental, que conta com cerca de 200 trabalhadores em Angola, actua especialmente no reforço das capacidades das comunidades e organizações, para que estas possam depois resolver os seus problemas e aproveitar as oportunidades de desenvolvimento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH