Receitas do Casino Lisboa português em linha com previsões

22 May 2006

Lisboa, Portugal, 22 Mai – As receitas do Casino Lisboa português, do grupo Estoril-Sol, controlado pelo empresário de Macau Stanley Ho, estão dentro do previsto para o primeiro mês de actividade e o impacto no Casino Estoril, do mesmo grupo, foi menor do que esperado.

De acordo com Mário Assis Ferreira, presidente da Estoril-Sol, no primeiro mês de actividade a nova sala de jogos da capital portuguesa gerou receitas de 6,5 milhões de euros, em linha com a estimativa de 70 milhões de euros até final do presente ano.

Do total encaixado no primeiro mês de vida, 90 por cento é proveniente das “slot-machines”.

O Casino Lisboa, dirigido para o público jovem, já recebeu 234 mil visitantes, uma média de nove mil por dia, adiantou o mesmo responsável ao Diário Económico.

As previsões iniciais apontavam para uma quebra de receitas de 25 por cento no Casino Estoril, nas imediações da capital portuguesa, mas aquela não passou dos dez por cento.

Desta forma, adiantou Assis Ferreira, foi revisto em alta o plano de negócios do Casino Estoril para este ano, prevendo-se uma quebra de sete milhões de euros nas receitas, para 120 milhões, 17 milhões de euros acima do inicialmente previsto.

O volume de pagamento de prémios no Casino Lisboa ronda actualmente os 700-750 mil euros diários.

Inaugurado a 19 de Abril, o Casino Lisboa, o terceiro da Estoril-Sol, representou um investimento de 110 milhões de euros.

As receitas dos casinos portugueses subiram 10,6 por cento no primeiro trimestre deste ano, face ao ano passado, para 83 milhões de euros, de acordo com a Inspecção-Geral dos Jogos portuguesa.

As nove salas beneficiaram principalmente do crescimento de receitas nos jogos bancados, na ordem de 45 por cento, para 13,2 milhões de euros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH