Air China deverá ser 20º membro da Star Alliance, tornando-se parceira com TAP e Varig

23 May 2006

Lisboa, Portugal, 23 Mai – A Air China deverá em breve ser o 20º membro da aliança de companhias aéreas Star Alliance, onde já estão a portuguesa TAP e a brasileira Varig.

A Air China e a Star Alliance assinaram na segunda-feira um memorando de entendimento que formaliza o convite à companhia chinesa para aderir à aliança comercial de 18 companhias.

Antes da Air China, deverá aderir a Shangai Airlines, já nos próximos meses, que foi convidada no início de Maio.

Actualmente, integram esta aliança a Air Canada, Air New Zealand, ANA, Asiana Airlines, Austrian, Bmi, Lot, Lufthansa, SAS, Singapore Airlines, South African Airways, Spanair, Swiss, TAP, Thai, United, US Airways e Varig.

Quando as duas companhias chinesas se tornarem membros efectivos, a Star Alliance passa a ter 20 membros, garantindo a oferta de 16.500 voos diários para 912 destinos em 160 países, segundo comunicado divulgado pela aliança.

O reforço da oferta na China é um dos objectivos assumidos pela aliança, liderada pela alemã Lufthansa, a par de parcerias para a Índia e Rússia.

Desde o início deste ano, a Varig e a Air China fazem voos compartilhados entre o Brasil e a China, com escala na Alemanha.

O Brasil é também um dos principais mercados da portuguesa TAP, que tem vindo a fazer do Aeroporto Internacional de Lisboa um “hub” da Europa continental.para as ligações transatlânticas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH