São Tomé aguarda recepção de contrapartida de acordo das pescas com União Europeia

24 May 2006

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 24 Mai – São Tomé vai receber até meados de Junho a contrapartida relativa ao acordo de pescas com a União Europeia (UE) deste ano, avaliada em 637 mil euros (815 mil dólares), afirmo a ministra da Economia e Pescas.

A ministra Cristina Fernandes está actualmente a conduzir as negociações do novo acordo de pescas com a União Europeia, a uma semana do final do prazo de validade do anterior, 31 de Maio.

Segundo afirmou a ministra, citada pelo diário Tela Non, o valor da contrapartida do acordo para 2006 “será desbloqueado dentro de mais três ou quatro semanas”.

A ministra adiantou ainda que as autoridades europeias propuseram uma redução no número de navios que acedem às águas são-tomensses, actualmente 63, o que implica, em princípio, que a contrapartida recebida por São Tomé no próximo ano seja reduzida.

“Estão a propor que se utilize somente 43 navios. É uma redução drástica que não nos beneficia”, afirmou a ministra da Economia.

Segundo a imprensa são-tomense, o novo acordo deverá ser assinado nos próximos dias.

As autoridades são-tomenses estão ainda a procurar o apoio da UE para o reforço da fiscalização na zona económica exclusiva do arquipélago.

De acordo com o diário Tela Non, o executivo de Tomé Vera Cruz pretende colocar equipas de fiscalização são-tomenses ao bordo das embarcações de pesca da UE. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH