Missão empresarial leva 20 empresas portuguesas do calçado em busca de parcerias na Índia

25 May 2006

Porto, Portugal, 25 Mai – Uma missão empresarial organizada pela associação portuguesa de calçado leva, de sábado a 4 de Junho, 20 empresas do sector à Índia em busca de parcerias para subcontratação e aquisição de peles e componentes, anunciou quarta-feira a organização.

Promovida pela Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes e Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), em parceria com o ICEP, a missão constitui uma primeira abordagem ao segundo produtor internacional de calçado e “um dos mais importantes mercados no futuro”.

“A Índia é, actualmente, o 7º país do mundo em extensão territorial, o 2º país mais populoso e a 2ª economia entre os chamados ‘mercados emergentes'”, refere a associação.

O comunicado da APICCAPS adianta que, para além dos contactos institucionais em Nova Deli previstos no âmbito da missão, a delegação portuguesa visitará fábricas de calçado, de componentes (incluindo gáspeas) e de curtumes quer na capital indiana, quer nas regiões de Agra e Chennai.

De acordo com dados da APICCAPS, actualmente, cerca de 15 por cento das principais marcas europeias da fileira do calçado (como a Aerosoles, Clarks, Ecco, Elefanten, Gabor, Marks & Spencer ou Salamander) operam já na Índia.

A estas juntam-se outras marcas internacionais como a Adidas, Fila, Nike ou Reebok, estando insígnias de vestuário como a DKNY, Hugo Boss, Piere Cardin, Tommy Hilfiger e Versace já radicadas nas principais cidades indianas.

Anualmente, são produzidos na Índia mais de 167 milhões de metros quadrados de couro e 1.848 milhões de pares de calçado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH