São Tomé quer criar centro de serviços com aeroporto e zonas francas

25 May 2006

Sao Tomé, São Tomé e Príncipe, 25 Mai – O novo governo de São Tomé e Príncipe quer criar um centro de serviços no arquipélago, através do projecto do novo aeroporto internacional e da criação de zonas francas.

A criação do centro de serviços é uma das prioridades traçadas pelo executivo de Tomé Vera Cruz, no plano de governo para os próximos quatro anos, que esta semana foi apresentado no parlamento são-tomense.

A posição geográfica de São Tomé no continente africano é “estratégica”, considera o documento, e as referidas infra-estruturas, além do também previsto porto de águas profundas, permitirão desenvolver o sector dos serviços no país.

Em relação a infra-estruturas, o novo governo elege como prioridade, a par dos grandes projectos, que estão a ser apresentados internacionalmente, a melhoria das infra-estruturas rodoviárias e a estabilização do fornecimento de energia eléctrica.

Outra prioridade é a resolução da dívida externa junto do Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional, perto de 300 milhões de dólares, assumindo o governo o compromisso de atingir até ao final do ano o ponto de conclusão do processo.

São Tomé deveria entrar na fase final do Programa para Países Altamente Endividados (HIPC na sigla em ingês) já no próximo mês, mas a elevada inflação e descontrolo das despesas públicas deitaram este objectivo por terra, segundo afirmou recentemente a ministra das Finanças, Maria Tebus Torres.

Na agricultura, o governo vai alterar a lei fundiária com o objectivo de dar resposta à situação criada pela divisão e distribuição das antigas “roças” (grandes explorações) em pequenos lotes para exploração familiar, que levou a uma quebra na produção agrícola e encarecimento da generalidade dos produtos.

Na diplomacia, é dada prioridade à integração na Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), a que São Tomé já pertence, juntamente com Angola e outros nove países, como os Camarões e a República Democrática do Congo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH