Academia Chinesa para a Tecnologia Espacial vai instalar estação terrestre na Madeira, Portugal

29 May 2006

Lisboa, Portugal, 29 Mai – A Academia Chinesa para a Tecnologia Espacial vai instalar o equipamento da estação terrestre de satélites que a Agência Espacial Europeia (ESA) pretende montar na ilha da Madeira, Portugal, projecto avaliado em 10 milhões de euros.

Uma delegação de peritos da empresa estatal de telecomunicações chinesa, certificada pela ESA, visitou a Madeira há perto de duas semanas, depois de ter sido contactada pelo governo regional da Madeira para a construção do equipamento, escreve o semanário Expresso, editado em Lisboa.

O jornal adianta que o grupo de peritos esteve reunido com representantes da Madeira Tecnopólo, entidade promotora dos projectos tecnológicos na ilha, para identificar a melhor localização para instalar a estação terrestre.

Na semana passada, a ilha foi também visitada por uma delegação da ESA, para negociar os termos do projecto, ainda não oficialmente atribuído à ilha da Madeira.

A estação terrestre irá prestar apoio aos satélites do programa europeu Galileo, que, quando operacional, concorrerá com o actual sistema de navegação por satélite de fabrico norte-americano (GPS).

Ao todo, o sistema Galileo contará com 50 estações terrestres e 30 satélites em órbita. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH