Portuguesas Galp e Mota-Engil fazem “joint-venture” para produção de materiais de construção em Angola

29 May 2006

Lisboa, Portugal, 29 Mai – A petrolífera portuguesa Galp e a Mota-Engil, maior construtora do país, estão a preparar uma “joint-venture” para a produção de materiais de construção em Angola, país onde ambas já actuam.

Arnaldo Figueiredo, administrador da Mota-Engil para os negócios internacionais, adiantou ao Diário de Notícias em Lisboa que a parceria deverá passar pelo início de operações em Angola da Probigalp, sociedade detida pelas duas empresas que investiga e desenvolve produtos especiais para a construção de estradas.

Entre estes produtos, explicou, estão emulsões, betumes modificados, e outras especialidades usadas na construção de estradas.

“A presença simultânea em mercados internacionais, designadamente em Espanha e Angola, permite às duas empresas estudar cenários de cooperação”, afirmou.

Galp e Mota-Engil renovaram na semana passada o acordo de parceria entre ambas as empresas, para o triénio 2006-2008.

Este acordo, no valor de 90 milhões de euros, prevê o fornecimento de produtos petrolíferos da Galp à maior construtora portuguesa, e ainda a prestação de serviços de construção, nomeadamente de infra-estruturas de distribuição de gás, pela Mota-Engil à petrolífera.

A Mota-Engil é actualmente uma das maiores construtoras em Angola, estando envolvida nas obras de reabilitação da estrada que liga Cabinda ao Cacongo, no Norte do país, e na que liga o Huambo ao Cuíto, no Planalto Central.

Participa ainda na reabilitação das estradas Quifangondo-Catete e Benguela-Lobito, no âmbito do Programa Especial de Reabilitação de Estradas Nacionais 2005-2006. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH