Angola Telecom contrata israelita Gilat para expandir capacidade da rede fixa e móvel

5 June 2006

Luanda, Angola, 05 Jun – A Angola Telecom contratou a israelita Gilat Satellite Networks para instalar em Luanda uma central de comunicações por satélite que permitirá expandir a capacidade da rede fixa e móvel da operadora angolana, anunciaram as empresas.

Em comunicado, as empresas adiantam que o contrato, cujo montante é mantido confidencial, prevê que a Gilat forneça à operadora estatal modems de satélite equipados com sistemas de modulação de alto nível e dispositivos de correcção antecipada de erros que “reduzem os custos de transmissão por satélite”.

Além dos equipamentos, a tecnológica israelita vai instalar uma solução integrada de comunicação por satélite, que permitirá “expandir a capacidade da infra-estrutura fixa e celular existente”.

Em Maio, a maior operadora de comunicações móveis angolana, Unitel, anunciou que vai investir 41,5 milhões de euros este ano na expansão da sua rede de telefonia GSM.

O acordo entre estas empresas prevê a instalação em vários pontos do país de uma solução de acesso por rádio que permite a conjugação de capacidades GSM e 3G, abrindo caminho para a introdução, no futuro, da terceira geração de comunicações móveis em Angola.

A Gilat, cotada no índice bolsista norte-americano Nasdaq, é um dos maiores fornecedores globais de equipamento de comunicações por satélite, nomeadamente VSAT.

O número de utilizadores de telemóveis em Angola aumentou 33 por cento no ano passado para 1,6 milhões, segundo dados do Instituto Nacional das Comunicações (INACOM).

Cerca de 70 por cento dos utilizadores estão concentrados em Luanda, onde reside um quarto da população angolana, actualmente estimada em cerca de 15 milhões de pessoas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH