Importadores e distribuidores de vinho chineses procuram negócios em Portugal

5 June 2006

Matosinhos, Portugal, 05 Jun – Um grupo de 17 importadores e distribuidores de vinho chineses, entre os quais as cadeias ASC Fine Wines e Monstrose, visitaram a maior feira do sector em Portugal, a Expovinis, noticiou o Semanário Económico.

A comitiva integrou ainda representantes da Beijing Golden Olive International Trading, da China Alcoholic Drinks Industry Association e da Shanghai City Supermarkets, de acordo com a consultora comercial portuguesa MarketAccess, que organizou a visita a convite da Exponor, a maior organizadora de feiras empresariais do norte de Portugal.

Estiveram ainda representadas revistas chinesas da especialidade, como a China Drinks Magazine e a Food and Wine Magazine, adiantou Telmo Fernandes, da consultora portuguesa.

Em declarações ao Semanário Económico, este responsável salientou a “oportunidade” constituída pela visita para os produtores de vinho portugueses “estabelecerem contactos com as mais importantes empresas importadoras de vinho da China”, mercado com amplas perspectivas de crescimento.

A Monstrose, adiantou, possui sete escritórios, três armazéns de vinho e actividades de retalho em 83 cidades em toda a China.

A ASC está presente no retalho em 80 cidades, dispondo de quatro armazéns e perto de 315 trabalhadores, ainda de acordo com o consultor da MarketAccess.

Os importadores foram apresentados a empresários portugueses num colóquio dedicado ao tema “Como Exportar Vinho para a China”.

As estimativas apontam para que actualmente existam apenas perto de oito milhões de consumidores de vinho na China, prevendo-se que a longo prazo o mercado possa aumentar em mais de dez vezes o seu tamanho.

Segundo dados divulgados pela MarketAccess, as importações de vinho situam-se actualmente nos 26,4 milhões de euros, e 88 por cento do produto é importado a granel.

A feira Expovinis, destinada a profissionais do sector, contou ainda com participantes dos Estados Unidos, Índia, Perú, Colômbia, Paraguai, Rússia, Brasil, e da maioria dos países da União Europeia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH