Tráfego no Porto da Beira cai 11 por cento em Maio

12 June 2006

Maputo, Moçambique, 12 Jun – O tráfego no Porto da Beira caiu 11 por cento em Maio, face ao mês anterior, devido a quebras nas exportações com origem no Malaui e em Moçambique, anunciou a empresa gestora da infra-estrutura no norte de Moçambique.

Em Maio, o tráfego de cargas no porto totalizou 52 mil toneladas métricas, o que compara com 58.600 toneladas no mês anterior.

Nos cinco primeiros meses do ano, o porto movimentou 257.570 toneladas de mercadorias.

As maiores quebras no mês passado sentiram-se nas exportações,
principalmente as com origem no Malaui, de 9.454 toneladas para 3.763, e em Moçambique, que caíram para 6.535, metade do registado em Abril.

Também as exportações da Zâmbia e Zimbabué caíram, e só as da República Democrática do Congo aumentaram, para 296 toneladas, mais do dobro do registado no mês anterior.

Nas importações, a principal variação foi registada por Moçambique, um aumento de cerca de 50 por cento, para 16.619 toneladas métricas de mercadorias.

Em 2005, o tráfego no Porto da Beira atingiu 1,53 milhões de toneladas métricas de mercadorias, mais 12,3 por cento do que no ano anterior.

Em termos de contentores, os principais pontos de origem foram o Malaui (39 por cento) e Moçambique (38,7 por cento).

Zimbabué (45 por cento) e Moçambique (27,6 por cento) foram os principais exportadores no que diz respeito a carga geral.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH