Chinesa SINOPEC compra novas explorações petrolíferas em Angola

14 June 2006

Xangai, China 14 Jun– A petrolífera chinesa Sinopec, a maior da Ásia em capacidade de refinaria, comprou três novas participações em campos petrolíferos angolanos, com um total de reservas provadas de 3.200 mil milhões de barris, informa a imprensa chinesa.

A Sinopec adquiriu participações de 27,5 por cento, 40 por cento e 20 por cento em três blocos de exploração petrolífera off-shore, que vai explorar em conjunto com a Sonangol, a petrolífera estatal angolana, refere terca-feira o jornal “Shangai Securities News.”

Segundo o jornal, publicado em Xangai, a Sinopec detém 75 por cento da joint-venture, a Sonangol Sinopec Internacional.

Os 3.200 mil milhões de barris de reservas provadas deverão fazer aumentar a produção da petrolífera chinesa em 100 mil barris por dia, quando a parceria começar a extrair petróleo dos novos blocos, adianta o jornal de Xangai.

O “Shangai Securities News” não refere os valores pagos pela Sinopec, mas notícias anteriormente saídas na imprensa oficial chinesa informavam que a Sinopec tinha oferecido 1,9 mil milhões de euros (2,4 mil milhões de dólares americanos) pela participação nos blocos.

O negócio com a Sinopec foi concretizado dias antes de o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, iniciar uma visita de estado a Angola, a 20 e 21 de Junho, no âmbito de uma visita a sete países africanos, entre 17 e 24 de Junho.

A Sinopec anunciou em Março a construção de uma nova refinaria em Angola, também em parceria com a Sonangol, num investimento de 2,37 mil milhões de euros (3 mil milhões de dólares americanos).

A Sinopec investiu também mais 1,5 mil milhões de dólares para desenvolver a sua metade na exploração petrolífera do Bloco 18 ao largo da costa angolana, que explora em parceria com a petrolífera europeia BP.

O volume de negócios entre a China e Angola foi de 3,27 mil milhões de euros (4,2 mil milhões de dólares americanos) em 2005, o que torna Angola no segundo maior parceiro comercial da China em África, a seguir à África do Sul.

Angola é o segundo maior produtor de petróleo na África subsaariana, a seguir à Nigéria, e deverá dobrar a sua produção petrolífera até atingir os dois milhões de barris por dia em 2008, de acordo com estudos da consultora britânica Wood MacKenzie. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH