Clientes da Vodacom aumentam 84,9 por cento em Moçambique

14 June 2006

Maputo, Moçambique, 14 Jun – A multinacional telefónica Vodacom aumentou o número dos seus clientes em 84,9 por cento, no exercício que terminou em Março, contando agora com 490 mil utilizadores dos seus serviços em Moçambique, anunciou o grupo.

Segundo Knott Craig, presidente do Grupo Vodacom, detido maioritariamente por capitais sul-africanos, apesar de a companhia ter perdido 30 por cento da quota do mercado moçambicano de telefonia móvel, conseguiu alargar a base de clientes no último ano.

A maior quota do mercado moçambicano é controlada pela Mcel, detida maioritariamente pelo Estado moçambicano, e que se aproxima agora dos 1,5 milhões de clientes.

Além de Moçambique e África do Sul, o Grupo Vodacom opera igualmente na Tanzânia, Lesotho e República Democrática do Congo.

Os resultados líquidos agregados do grupo no exercício que terminou em Março deste ano aumentaram 32 por cento, para cerca de 500 milhões de euros contra cerca de 660 milhões de euros em 2005.

Tendo em conta o encaixe, a empresa distribuiu em dividendos 438 milhões de euros, mais 32 por cento que os lucros arrecadados pelos accionistas no ano económico anterior.

No exercício em análise, o Grupo Vodacom investiu cerca de 500 milhões em infra-estruturas, com uma intervenção essencialmente virada para o principal mercado, a África do Sul, refere ainda o balanço divulgado pelo presidente da empresa.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH