Banco BPI lança em Portugal obrigações sobre acções de empresas chinesas e de Hong Kong

15 June 2006

Lisboa, Portugal, 15 Jun – O Banco Português de Investimento (BPI) está a comercializar em Portugal obrigações de caixa, a três anos, sobre acções de empresas públicas chinesas cotadas na bolsa de Hong Kong e títulos do índice bolsista Hang Seng.

As obrigações “BPI CS China Plus 2006-2009”, refere o prospecto de emissão divulgado este mês, destinam-se a “investidores sem necessidade de liquidez a curto prazo, que procurem rentabilizar os seus investimentos através da exposição a índices accionistas da China, beneficiando do elevado potencial de crescimento chinês e da integração das economias asiáticas”.

O cabaz de índices é composto, em partes iguais, pelo Hang Seng China Enterprises, ponderado pela capitalização de empresas controladas pelo Estado chinês e cotadas em Hong Kong, e pelo Hang Sang Index, o principal índice do mercado da região administrativa.

Este índice é composto por 33 empresas, que no seu conjunto representam 70 por cento da capitalização bolsista do mercado.

“As empresas chinesas e as de Hong Kong apresentam um enorme potencial de valorização, em virtude do crescimento da economia dos últimos anos, que se espera continuar no futuro, do elevado potencial de crescimento do consumo interno e do investimento em infra-estruturas”, refere o BPI.

Desde Janeiro de 2000, adianta, a remuneração de um produto financeiro com as características do BPI CS China Plus é de 17,95 por cento no máximo, 0,98 por cento no mínimo e 9,05 por cento em média.

O período de subscrição das obrigações termina a 5 de Julho, e a liquidação está prevista para 11 de Julho.

O reembolso, adianta o BPI, será efectuado em Outubro de 2009, com garantia do capital inicialmente investido.(macauhub

MACAUHUB FRENCH