Produtores lusófonos de petróleo com altas taxas crescimento em 2005

15 June 2006

Lisboa, Portugal 15 Jun– Os produtores lusófonos de petróleo integram o grupo de países que registaram as maiores taxas de crescimento da produção em 2005, mostram as estatísticas divulgadas quarta-feira pela BP.

Angola surge com uma taxa de crescimento de 26 por cento em 2005 face a 2004, para 1,242 milhões de barris diários, enquanto o Brasil aumentou a sua produção em 11,1 por cento para 1,718 milhões de barris.

A produção angolana representa 1,6 por cento do total mundial e a brasileira 2,2 por cento, pormenoriza a publicação anual da petrolífera britânica.

A maior taxa de crescimento é exibida pelo Azerbeijão (42,8 por cento para 452 mil barris).

O maior produtor continua a ser a Arábia Saudita, que aumentou a sua produção em 43 por cento para 11,035 milhões de barris.

Depois surgem a Federação Russa e os EUA com uma producao de 6,830 milhões de barris, o que representa uma queda de 5,5 por cento em relação ao ano anterior.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH